Sep.09

13 Mitos sobre trabalhar como Freelancer

13 Mitos sobre trabalhar como Freelancer

Muitos webdesigners e programadores tem uma ideia errada sobre como é realmente trabalhar como freelancer. Ao contrário do que a maioria pensa, ser freelancer não é trabalhar de pijama e na hora que você quiser.

Em algum momento da carreira, todo profissional da nossa área considera a possibilidade de trabalhar como freelancer. Antes que você tome essa decisão, existem algumas coisas que precisam ser levadas em conta.

1) Você vai ter liberdade

Este é um grande problema. Embora possa ser verdade que você tem liberdade de viver onde quiser e você pode trabalhar remotamente, existem algumas restrições: você tem que trabalhar onde tiver uma conexão com a Internet, por exemplo.

Em termos de liberdade para criar, vai levar um tempo antes que seu negócio seja bem sucedido o suficiente para você escolher os projetos que quiser. No início, você vai acabar pegando qualquer projeto que vier, para pagar as contas e colocar comida na mesa.

2) Você faz sua agenda

Isso raramente é verdade. Alguns artigos na web têm exagerado muito a liberdade que se tem quando ao trabalhar por conta própria.

Você vai precisar de um cronograma definido, para que os clientes saibam quando podem entrar em contato com você. Caso contrário, eles vão ligar dia e noite, ou vão esperar que você trabalhe dia e noite. Outra questão é a consistência: os clientes querem alguém que possam contar e não alguém que faz o que quer a hora que quer.

3) Você trabalha a hora que quer

Aqui eu vou te dar um grande “Não”. Assim como em um dia normal de trabalho, você terá prazos e precisa ter noção disso. Se você não cumprir esses prazos, você vai acabar pagando os prejuízos direto do seu próprio bolso. Seus clientes também esperam que os projetos sejam concluídos em um prazo razoável.

4) Você vai trabalhar menos

Você não poderia estar mais errado por pensar assim.

Quando assumi as responsabilidades de uma empresa, passei a trabalhar mais do que em toda minha vida. Você vai trabalhar até tarde para cumprir prazos. Vai trabalhar à noite e fins de semana. As chances são de que às vezes você vai ter mais trabalho do que pode gerenciar na tentativa de acumular grana para os meses com pouca entrada de projetos.

5) Dá para focar no que você está fazendo

Você vai fazer tudo que gosta, mas vai precisar fazer todo o resto. Você vai ser a pessoa de TI, solucionando dificuldades técnicas. Você também será o contador, porque você vai ter que lidar com o dinheiro, orçamento e pagar as contas. Você também vai ser o cobrador, ligando para clientes. Você vai ser a secretária, o zelador, e até a tia do café.

6) Vai chover trabalho

É um equívoco comum pensar que é só abrir a loja, sentar e as pessoas virão correndo procurando seus serviços. Esse é até um pensamento agradável, mas vai levar tempo para você construir uma clientela. Construir seu portfólio on-line e esperar que as pessoas apareçam é sonhar muito alto.

Você vai precisar ser o seu maior promotor, utilizando cada estratégia possível para se destacar. Vai precisar aprender sobre mídia social, saber onde pode anunciar gratuitamente e aprender a lidar com a publicidade paga que realmente funciona. Essas habilidades serão as mesmas que você vai usar para promover as empresas de seus clientes, por isso é uma boa ideia obter bastante conhecimento nessa área.

7) Você vai ganhar mais dinheiro

Eu gostaria muito de dizer que o céu é o limite quando você toca sozinho seus projetos. É até verdade que você vai ter a oportunidade de fazer tanto dinheiro quanto der, isso vai levar um tempo.

No seu primeiro ano, você vai ter muita sorte se conseguir ganhar um salário como ganharia em um emprego normal. Se você tiver paciência, eventualmente vai alcançar esse objetivo. Esse não é um cenário onde você fica rico do dia p/ noite.

8) Você vai trabalhar de pijama

Nada disso. Pelo menos, não se você quiser ter sucesso.

Você vai ter que se encontrar com clientes, donos de negócios e parceiros. As pessoas vão fazer questão de te conhecer pessoalmente antes de te contratar. Não dá para jogar o terno e a gravata no fundo do guarda-roupas. Você vai precisar estar apresentável nas reuniões.

Você só vai poder se vestir como quiser quando estiver trabalhando de casa. Mesmo assim, você vai aprender que se vestir para trabalhar é um incentivo a mais na hora de trabalhar em casa. Muitos freelancers consideram isso um bom hábito.

9) Você vai ter mais tempo livre

100% errado. Você vai ter sempre a sensação de que está faltando tempo. Entre reuniões, agendamentos, contabilidade, promoções e todo o resto, você vai ficar imaginando quando vai dar para sentar e trabalhar efetivamente nos projetos.

A pior parte é que quando as coisas acalmarem você vai se esforçar para que as coisas não fiquem tão calmas. Pode ser cansativo no começo, mas depois que você entrar no rumo, as coisas andam bem sozinhas.

10) Você pode ficar no computador o dia todo fazendo dinheiro

As coisas não funcionam bem assim. Você pode trabalhar de casa, isso é bom, mas é melhor ter preparado um ótimo portfólio e muitas indicações positivas de clientes anteriores. Caso contrário, você vai ter que sair de casa para ir em eventos, feiras, e ambientes que podem gerar algum tipo de retorno em questão de projetos.

11) Você vai poder pegar um monte de trabalhos em sites de Freela

Enquanto muitos webdesigners encontram muitos trabalhos nesses sites, não é tão fácil assim para todos. Sites de Freelance são cheios de oportunidades boas que dão até menos de uma hora de trabalho, mas se você quiser pescar alguma oportunidade seu portfólio precisa ser um dos melhores.

Muitos sites de Freela requerem testes de conhecimento para você poder se cadastrar. Isso pode ser considerado um atraso, principalmente se você está com a corda no pescoço para pagar as contas. É claro que você deve manter esses sites na sua lista de opções, mas tenha foco se o seu caso precisar de rapidez.

12) Você não vai trabalhar com gente que você não gosta

Isso também seria um sonho se tornando realidade. Você vai trabalhar com gente que você gosta, que não gosta, que detesta, que odeia, que ama, que admira e muito mais. Você vai trabalhar com todos os tipos de pessoas e é melhor se acostumar com isso. A parte incentivadora é que ao trabalhar com muitas pessoas diferentes você estará se preparando melhor para qualquer situação.

13) Trabalhar de casa é trabalhar no paraíso

Pode até ser verdade se você for solteiro(a), mora em uma vizinhança quieta e não tem animais de estimação. Na realidade, o stress vai no teto quando uma pessoa normal trabalha de casa, principalmente se você tiver um parceiro(a), crianças, parentes ou animais.

Comecei trabalhando em casa e não conseguia me concentrar, minha cachorrinha querendo atenção, minhas tias conversando, vizinhos ouvindo música…

Muitos freelancers se surpreendem em como é solitário trabalhar de casa, principalmente no começo, antes de começar a fazer contatos e amizades na área. Porquê você acha que freelancers preferem trabalhar em ambientes como cafeterias e lan houses?

Concluindo

Mesmo acabando com tantos mitos sobre ser um Freelancer, ainda é uma experiência válida. Trabalhar como Freelancer vai te dar a habilidade de controlar sua carreira e se preparar para todo o processo que envolve desenvolver sites ou aplicativos, encontrar clientes, gerenciar seu tempo e gerenciar seu dinheiro.

Pode ser difícil começar, mas mantendo o foco, eventualmente você vai desenvolver seu próprio método de controle. Vai aprender a cobrar em horas, determinar seus rendimentos e trabalhar com oportunidades que você sempre sonhou.

Entender a diferença entre mitos e realidade vai te ajudar a criar objetivos realistas e ter expectativas realistas sobre a sua carreira de Freelancer.

Compartilhe isso:
  • facebook
  • twitter
  • gplus

Sobre R.Junior

Deixe um comentário