Como estudar sozinho | Como estudar sem ajuda

Então você está entrando em desespero, pois só estuda e não dá certo? Passa horas enfiando a cara nos livros, deixando os amigos de lado, esquecendo que tem vida para tentar melhorar as notas e nada?

Vamos deixar umas dicas para te ajudar a sair desse sufoco.

Tudo sempre igual

como-estudar-sozinho-1

Estudar de casa exige muito autocontrole. Estabeleça horários fixos. Dormir e comer em horas diferentes no dia a dia, por exemplo, dificulta a ambientação do corpo e prejudica o rendimento. É preciso ainda cuidar do sono: ele restaura as sinapses, elo transmissor entre os neurônios, e melhora o funcionamento do cérebro. Oito horas de descanso é o ideal.

Luz, silêncio e ação

como-estudar-sozinho-2

O ambiente de estudo precisa seguir padrões. Como o cérebro não foca duas coisas ao mesmo tempo, simplicidade e silêncio ajudam na concentração. Boa luminosidade diminui a sonolência. Mas o tiro pode sair pela culatra de noite. Luz excessiva inibe a produção de melatonina, o hormônio do descanso, e pode causar insônia – e atrapalhar o item 1.

No limite

como-estudar-sozinho-3

Respeite seus limites. A concentração diminui a cada 50 minutos de estudos consecutivos. Recomenda-se, assim, parar 10 minutos por hora. Vale tomar água, olhar a paisagem – qualquer coisa que permita descanso. E tem mais: o córtex pré-frontal, responsável pelo raciocínio, alcança potência máxima às 11h. É o momento ideal para estudar o assunto mais importante do dia.

Política de metas

como-estudar-sozinho-4

A nossa atenção é ´interesseira´: vai fazer você pensar em tudo que pode conquistar com o estudo – mas não vai focar o estudo em si. Por isso, trace as metas: determine quantos capítulos você vai ler em determinadas horas, por exemplo. Isso estimula a motivação e facilita o planejamento.

Fluxo do pensamento

como-estudar-sozinho-5

Fazer exercícios práticos ajuda a testar o aprendizado. Outra alternativa é escrever com o fluxo da consciência. Após terminar o estudo diário, redija por 5 minutos o que vier à cabeça sobre o tema, sem se preocupar com a lógica e a pontuação. O resultado ainda pode servir como resumo nas vésperas de provas.

Chute o balde

como-estudar-sozinho-6

Não exagere. O stress esgota a atividade dos neurônios, causa problemas na transmissão e faz com que as sinapses não ocorram adequadamente. Nada como se divertir de vez em quando. Cinema, shows, jantares, bares, namoros ajudam a relaxar e são, sim, muito bem-vindos aos fins de semana.

Fontes:

  • super.abril.com.br
  • Marcelo Masruha, professor de neurologia da Unifesp;
  • Maria Teresa Messeder Andion, diretora da Associação Brasileira de Psicopedagogia;
  • Maria Zilda Moreira Melchior, pedagoga e diretora escolar;
  • ASF Cursos e Eventos

O quê um menino de 9 anos sabe sobre a vida?

Crianças sempre falam a verdade, em alguns casos verdades que nem todo mundo gosta de ouvir.

Quem nunca ficou sem graça por uma pergunta ou afirmação que essas criaturinhas são capazes de fazer sem nenhum pingo de vergonha?

O garotinho nesse vídeo no entanto impressiona com sua capacidade de observar, analisar e expor seus pensamentos de uma forma simples e muito construtiva.

Quero muito que meus filhos sigam esse exemplo.

“A formiga não sabe que existe mais do que esse pátio”

É interessante ver que ele não afirma suas ideias como se soubesse a verdade do universo. Uma pessoa assim estará sempre evoluindo e aprendendo de acordo com novas experiências.

Destaque para algumas frases que merecem atenção:

“Você nunca sabe com certeza se existe algo na busca, é uma missão sem fim saber qual é a sua missão…”

“O sentido da sua vida é o que você faz dela…”